Proença, 2 de Janeiro de 2005 - CJ